Histórico


A trajetória de Jésus na política

Após anos participando ativamente de movimentos sociais, dando aulas na Colônia Santa Isabel, Jésus foi Vice-Presidente do Sindicato dos Professores (Sind-UTE) de Betim.  Aos 28 candidatou-se a Vereador pela primeira vez. Se elegeu como Vereador mais votado de Betim.
Em seu mandato, dedicou-se a causas populares. Apoiou associações de bairro, denunciou a corrupção crônica na Prefeitura de Betim e na Câmara dos Vereadores. Jésus, que luta  com coragem pela democracia transparente e justa, defendeu a moradia, organização popular e a saúde pública. Pela moradia, Jésus aprovou o projeto de meio-lote para pessoas de baixa renda.
O bom trabalho como Vereador levou Jésus, ainda com 32 anos, a vice-prefeitura de Betim. Neste mandato, urbanizou boa parte dos bairros periféricos, estruturou a saúde pública do município com as Unidades Básicas de Saúde (UBS), construiu dezenas de creches e escolas, dentre muitas ações, que mudaram a cara de Betim.
Pelo reconhecido trabalho, aos 37 anos, Jésus foi eleito Prefeito. Dedicou seu mandato à consolidação do sistema de saúde de Betim, inaugurando Hospital Regional. Até então, Betim  não contava com um hospital completo para atendimento.
Infelizmente, no primeiro ano do seu mandato, por combater a corrupção  que aliados políticos estavam praticando com  dinheiro público, foi alvejado com cinco tiros. Graças ao hospital público da cidade recém inaugurado, Jésus sobreviveu e seguiu firme na luta contra as injustiças sociais,  corrupção, e  pobreza.
A qualidade da saúde pública do município, chamou atenção pelo tratamento que Jésus no Hospital Regional. fato inédito para um agente público, pois se tratou em hospital que ele mesmo administrava.
Nesse período, Betim se consolidou como uma cidade estruturada e com qualidade de vida. Sendo contemplada com 10 prêmios nacionais e internacionais de reconhecimento da gestão pública, principalmente pelo sistema de saúde .
A maior obra estrutural da história de Betim, foi feita na gestão de Jésus: a canalização do Riacho das Areias, além dos coletores de esgoto, pistas asfaltadas e ciclovia.
Ainda como Prefeito, Jésus instituiu o maior sistema de participação popular que a cidade já presenciou: o “Prefeito do Quarteirão” - em que uma pessoa, era democraticamente eleita pelos vizinhos, para ajudar na administração da rua que morava.  Essa pessoa tinha canal aberto diretamente com o Prefeito e Assessores, para resolver os problemas da cidade.

Atualmente, Jésus é professor Universitário, continua ativo em movimentos sociais e, segue firme na luta por um país sem desigualdades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário